Dicas de leitura para as férias

Dicas de leitura para as férias

Hoje, dia 7 de janeiro, é um dia todo dedicado às pessoas que amam a literatura, que são apaixonadas pela leitura, pelos livros e por histórias. Parabéns à nós que sempre encontramos um tempinho para pegar um livro e nos transportar para outros mundos.

Eu não sei vocês, mas eu sempre tenho um livrinho de cabeceira. Aprendi que o hábito da leitura é importante para exercitar as capacidades de comunicação, interpretação e de cognição das pessoas. Além de ficarmos ainda mais informados, aprimoramos a nossa fala. Ler é tudo de bom!

E para não deixar esse dia passar em branco, trouxe algumas dicas de livros. Aproveita que ainda está de férias e vai ler ♥

Go? Go!

 

1 – EXTRAORDINÁRIO (R.J. PALACIO) 

É um daqueles livros únicos, marcantes, cuja mensagem ressoa com a mesma força não importa quantas vezes você leia. A história de um menino de aparência incomum, mas de coragem e coração enormes:  August Pullman, o Auggie, que nasceu com uma severa deformidade facial e agora, aos 10 anos, vai frequentar a escola pela primeira vez. Um grande passo para qualquer criança e maior ainda para o garotinho cujo maior desejo é ser invisível. Mas Auggie, definitivamente, não nasceu para deixar de ser notado. Enquanto tenta vencer seus medos e se integrar em um mundo completamente novo, sua presença desencadeia as mais diferentes reações — algumas boas, outras nem tanto, mas todas profundamente transformadoras. Um romance comovente, poderoso e impossível de ignorar.

 

2 – APAIXONADA POR PALAVRAS (PAULA PIMENTA)

Narrado em primeira pessoa, o livro reúne 55 crônicas, que descrevem seus sentimentos, suas experiências e suas reflexões. Com a mesma eloquência e fluidez que caracterizam seus romances, Paula Pimenta revela aqui a si própria, com relatos, ideias e comentários, de forma clara e envolvente.

 

 

 

 

3 – O PEQUENO PRÍNCIPE (ANTOINE  DE SAINT-EXUPÉRY)

Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida. Com essa história mágica, sensível, comovente, às vezes triste, e só aparentemente infantil, o escritor francês Antoine de Saint-Exupéry criou há 70 anos um dos maiores clássicos da literatura universal. Não há adulto que não se comova ao se lembrar de quando o leu quando criança. Trata-se da maior obra existencialista do século XX, segundo Martin Heidegger. Livro mais traduzido da história, depois do Alcorão e da Bíblia, ele agora chega ao Brasil em nova edição, completa, com a tradução de Frei Betto e enriquecida com um caderno ilustrado sobre a obra e a curta e trágica vida do autor.

 

4 – ORGULHO E PRECONCEITO (JANE AUSTEN)

O romance retrata a relação entre Elizabeth Bennet (Lizzy) e Fitzwilliam Darcy na Inglaterra rural do século XVIII. Lizzy possui outras quatro irmãs, nenhuma delas casadas, o que Sra. Bennet, mãe de Lizzy, considera um absurdo. Quando Sr. Bingley, jovem bem sucedido, aluga uma mansão próxima da casa dos Bennet, Sra. Bennet vê nele um possível marido para uma de suas filhas. De fato, ele parece se interessar bastante por Jane, sua filha mais velha, logo no primeiro baile em que ele, as irmãs e o Sr. Darcy, seu amigo, comparecem. Enquanto Sr. Bingley é visto com bons olhos por todos, Sr. Darcy, por seu jeito frio, é mal falado. Lizzy, em particular, desgosta imensamente dele, por ele ter ferido seu orgulho na primeira vez em que se encontram. A recíproca não é verdadeira. Mesmo com uma má primeira impressão, Darcy realmente se encanta por Lizzy, sem que ela saiba do fato. A partir daí o livro mostra a evolução do relacionamento entre eles e os que os rodeiam, procurando apresentar também, desse modo, a sociedade do final do século XVIII.

5 – CINDERELA POP (PAULA PIMENTA)

Cinderela Cintia é uma princesa dos dias atuais: antenada, com opiniões próprias, decidida e adora música. Essa princesa pop morava com os pais em um castelo enorme de onde via toda a cidade. Todas as noites, ela olhava pela janela, de onde ficava admirando a vista e sonhando com um príncipe que ainda não conhecia. Porém, um dia, o castelo de Cintia desmoronou e com ele tudo à sua volta. Com a separação dos pais, ela vai morar com a tia, se afasta do pai e, principalmente, deixa de acreditar no amor. Ela só não contava com um detalhe… Havia mesmo um belo príncipe encantando em sua história. E tudo o que ele mais queria era descongelar o coração da nossa gata (nada) borralheira!

 

 

Gostaram das dicas? Eu já li todos e posso assegurar que são ótimos livros ♥

A P R O V E I T E M!

Compartilhe! ^-^


Comente muito!!



rocker-girl—colecao-2019—slide2
rocker-girl—colecao-2019—slide1

Eu recomendo! ;)