Eita, que esse dicionário do nordestino é arretado demais!

Eita, que esse dicionário do nordestino é arretado demais!

Sabia que no dia 08 de dezembro é comemorado o Dia Do Nordestino? O Nordeste é a região brasileira que possui a maior quantidade de estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí, Pernambuco (incluindo o Distrito Estadual de Fernando de Noronha), Rio Grande do Norte e Sergipe.

A cultura popular do Nordeste é muito rica. Seu artesanato, musicalidade, religiosidade, culinária, festividades, mitos, lendas, crendices, costumes, danças, superstições e outras tantas formas de manifestações artísticas deste povo é sensacional.

Claro, além do sotaque fofo, não poderia deixar de falar das expressões e palavras divertidas que praticamente só o povo nordestino compreende. Mas se você precisa de ajuda pra entender algumas delas, eu separei um Dicionário do Nordestino que vai explicar tudo direitinho, visse?

A

AFF = Exclamação de desagrado.

ALESADO = Substantivo masculino, dado a leseiras, bobo, abestalhado.

ABILOLADO = Qualidade daquele que perdeu o juízo, às vezes momentaneamente. “Abilolou, foi?”. Também pode ser em caráter permanente. “Agora abilolou de vez”.

AMANCEBADO = Situação irregular ou provisória em um relacionamento amoroso. O mesmo que amigado.

AMARRADO = Qualidade do pão duro; mesquinho; avarento; pirangueiro.

ALPERCATA = Sandália de couro.

APERRIAR = O mesmo que amolar, perturbar, desviar a atenção, encher o saco.

ARENGAR = Tirar a atenção, pertubar. “Mainha! Ó ele me arengando!”

ARRETADO = Diz-se de algo muito bom, mas também pode ser usado para qualificar alguém bravo. “Hoje eu estou arretado”.

AFOLOZADO = Algo que perdeu a forma, ficou folgado ou frouxo. “A dentadura afolozou”.

AMOSTRADO = Quem mostra que tem dinheiro ou poder, exibido.

ARREDA = Interjeição de desobstrução. O mesmo que “sai da frente”, afaste-se, xô.

ARRODEAR = O mesmo que dar a volta, fazer o rodeio.

ARROCHADO = Pessoa de palavra, que faz o que promete; também algo apertado.

AVALIE = Imagine; muito usado como figura de linguagem. “Agora, avalie o tamanho da encrenca”.

AVEXAR = Apressar, aperriar.

ARRASTA PÉ = Dança animada; forró; baião.

AVACALHAR = Esculhambar; ironizar.

AVIA = Apressa, agiliza. “Avia logo, esse menino!”

AVUADO = Destraído; pouco orientado.

B

BATORÉ = Indivíduo de baixa estatura, o mesmo que tamborete.

BALAIO = Um cesto grande.

BADOQUE = Estilingue; atiradeira.

BABÃO = Bajulador; puxa-saco.

BAFAFÁ = Confusão; bagunça; balbúrdia.

BEXIGUENTO = Pessoa sem qualidades; desgramado.

BIZONHO = Bizarro.

BRENHA = Lugar distante; de difícil acesso. “A casa de fulano fica lá nas brenhas.”

BUNDA-CANASTRA = Cambalhota.

BOIAR = Sobrar; não entender algo.

BULIR = Mexer com alguma coisa, de preferência com alguém/algo que estava quieto.

BUTIJA = Tesouro escondido.

BIGU = Carona.

BOTAR GALHA = Ser infiel em um relacionamento amoroso.

BREGUEÇO = Objeto sem valor; desprezível.

BULIÇOSO = Aquele que mexe em tudo.

C

CAMBITO = Perna fina.

CIPUADA = Pancada forte.

CABRA = Referência genérica a uma pessoa, em geral do sexo masculino. “Cabra bom”.

CATÔTA = Secreção nasal; meleca.

CAIXA-PREGO = Referência a lugar distante, mais próximo do que as brenhas.

CONFEITO = Bombom.

CARÃO = Repreensão; bronca. “Não fiz o trabalho que o professor pediu e levei um carão.”

CARITÓ = Diz-se de mulher que não conseguiu casar. “Ela ficou no caritó”.

CATOMBO = Se for na cabeça é um galo, mas pode ser usado em qualquer parte do corpo ou superfície; calombo.

COCOROTE = Cascudo.

CAFUÇÚ – Pessoa desajeitada, mal vestida, mala.

D

DAR O GRAU = caprichar.

DOIDERA = Acesso de loucura, endoidamento.

DE HOJE A OITO = Neste mesmo dia, na próxima semana; de hoje a oito dias (inclusive o dia de hoje).

DE ROSCA = Algo difícil de ser realizado, demorado. “Esse suco está de rosca”.

DESOPILAR = Descontrair.

DESMILINGUIDO = Magro; sem vigor.

DISGRAMADO – Atrevido ou sujeito desgraçado.

DO TEMPO DO RONCA = Muito antigo; fora de moda; cafona; ultrapassado.

E

EMBURACAR = Entrar à força; ingressar sem pedir licença.

EMBURRADO = Cara fechada; amuado; invocado; com raiva; carrancudo.

ENXERIDO = Pessoa metida; alguém que tira liberdades; namorador. “Deixe de ser enxerido, cabra”.

ESCARAFUNCHAR = Ciscar; procurar; revolver em busca de alguma coisa.

ESSE MENINO = Vocativo utilizado em circunstâncias na qual não se conhece o nome de quem se chama. “Ô, esse menino, onde é a feira da sulanca?”.

EMPAZINADO = Cheio; mais do que satisfeito.

EMPAXADO = Má digestão; ocorre com quem se empazinou de comida.

EMPIRIQUITAR = Arrumar-se em demasiado; comprar muitas roupas.

ENGABELAR = Enganar, iludir.

ENGOMAR = Passar à roupa com goma; passar à roupa com cuidado.

ESTRIBADO = Com recursos; cheio da grana.

F

FOLOTE = O mesmo que folgado; afolosado; frouxo; largo.

FRÔXO = Contração raivosa para frouxo; medroso; covarde.

FUXICO = Fofoca; intriga; frutica; mexerico.

FULERO = Fuleiro; sem valor; reles; insignificante.

FOI MAL = Pedido de desculpas; perdão.

FITEIRO = Comércio informal de calçada; ponto de venda de confeito.

FLEXERO = Mergulho de cabeça.

FUBENTO = Desbotado; gasto; muito usado.

FAZER O BALÃO = Dar a volta com o carro em um girador/rotatória; arrodear.

FILAR = Colar no colégio; olhar a resposta da prova dos outros.

G

GASTURA = Mãos frias, ardor estomacal, comichão, prurido.

GAZEAR = Faltar à aula ou ao trabalho; vadiar.

GOTA-SERENA – Interjeição de irritação, usada por quem está zangado. “Tá cá gota-serena!”

GASGUITA = Voz esganiçada.

GUISADO = Forma de cozinhar utilizando o tempero, especialmente para carnes; refogado.

GALEGO = Pessoa loira ou alourada.

GIRADOR = No trânsito, local onde os veículos fazem a volta, rotatória.

GRAXA = Molho de comida.

I

INHACA = Cheiro forte; catinga de suor.

INVOCADO = Pessoa com raiva; emburrado; cismado.

INCANGADO = Em cima; junto; inseparável.

INGEMBRADO = Torto; com a espinhela caída.

J

JAGUNÇO = Segurança particular armado; guarda-costas; capanga (não confundir com a bolsa de mão masculina de mau-gosto).

JERIMUM = Abóbora.

L

LARANJA-CRAVO = Mexerica ou bergamota.

LISO = Sem dinheiro.

LAMBANÇA = Arruaça; bagunça.

M

MALAMANHADO = Sem vestimenta adequada; desarrumado; mal vestido.

MANGAR = Caçoar; rir dos outros. “Não mangue de mim, não”.

MARRETAR = O mesmo que roubar.

MASSA = Coisa boa; de primeira.

MAINHA = Mamãezinha.

MUNGANGA = Repertório de movimentos; caretas; trejeitos. “Jim Carrey é muito mungangeiro”.

MURIÇOCA = Inseto semelhante ao pernilongo (Sudeste).

MUNDIÇA = Povão; gente simples; plebe rude.

MAMULENGO = Fantoche; marionete; boneco de pano.

MIAEIRO = Cofrinho para moedas.

MACAXEIRA = Variedade comestível de mandioca.

MATUTO = Caipira; pessoa da lida rural.

N

NUM FRESQUE, NÃO = Expressão que solicita o fim da brincadeira ou o fim da manha.

NÓ CEGO = Problema de difícil solução; sujeito enrolado; situação complicada.

O

OXENTE! = Expressão de surpresa; espanto.

OXE = Contração de “oxente!”, que está em desuso. Possivelmente, vem do “olha só minha gente!”.

P

PISA = Surra.

PANTIM OU PANTINHO = manha; resmungo. “Não sei se está doente ou é só pantim”.

PITOCO = Um pequeno botão; algo pequeno

PEBA = Algo de má qualidade, que é ruim.

PAINHO = Papaizinho

PEDIR PENICO = Desistir.

PIPÔCO = Estouro; barulho grande.

PIXOTOTINHO = Algo muito miúdo.

PRESEPEIRO = Espalhafatoso; escandaloso.

PAI D’ÉGUA = Muito legal; bacana; porreta.

PAPEL DE ENROLAR PREGO = Diz-se de pessoa grosseira. Pode-se dizer também lixa.

PELEJAR = Tentar até a exaustão.

PIXAIM = Cabelo crespo; enrolado.

PIRANGUEIRO = Pão duro; amarrado; muquirana. “Era tão pirangueiro que guardava um escorpião no bolso”.

Q

QUIETEI = Fiquei quieto; acalmei.

QUE NEM = Igual a; tal qual.

R

REMOSO = Comida mais forte, que deve ser evitada quando a imunidade estiver baixa. “Bode não é remoso, mas camarão é”.

REMELA = Secreção ocular.

RACHA = Jogo informal de futebol; pelada.

RAÇUDO = Corajoso.

RONXA = Hematoma.

RELAR = Arranhar.

S

SOFRENTE = Pessoa sofredora.

SUSTÂNCIA = Que tem substância; energia. “O caldo é bom, tem sustância”

SOBEJOS = Restos; sobras.

T

TAMBORETE = Pequeno banco; pode ser referência jocosa a pessoa de baixa estatura.

TRONCHO = Pendente, penso, escangalhado, torto.

TRISCAR = Tocar; roçar de leve.

TRUPICÃO = Topada.

TÁ COM A MOLÉSTIA = Interjeição, diz-se de que está com tudo, mas mais intensa.

TAMPA = sujeito bom em algo.

TORAR = Partir; quebrar.

TRAQUINO = Menino agitado; bagunceiro.

V

VARAPAU = Homem alto e magro.

VEXADO = Apressado.

VISSE = Interjeição de reforço; funciona como “viu”, “compreendeu”.

VIXE = Exclamação de surpresa ou espanto.

VÔTE = Exclamação de espanto.

X

XI = Referência de espanto, contração quase muda de ôxe.

XEXO = Seixo; pedaço de pedra lisa é também referência para trambique; enganação.

XÔXO = Pequeno; franzino.

Z

ZAMBETA = Com pernas arqueadas.

ZURETADO = Nervoso.

ZAROLHO = Estrábico; vesgo.

ZOADA = Barulho; confusão.

ZONA = Bagunça; confusão. “Esse quarto está uma zona”.

ZUMBIDO = Ruído forte e estridente

 

Curtiu? Oxe, então avia treinar essas palavras novas, pra dar o grau no papo com a galera!

As palavras desse dicionário eu encontrei aqui.

Compartilhe! ^-^


Comente muito!!



slide1-2018
slide2-2018