Vem conhecer a história da Lorrayne Isidoro!

Vem conhecer a história da Lorrayne Isidoro!

Você já conhece a Lorrayne Isidoro? Não?! Então vem conhecer a estudante de 17 anos que mobilizou o Brasil com sua trajetória até conquistar recentemente a décima oitava posição na Olimpíada Internacional de Neurociências. Evento que aconteceu entre 30 de junho e 4 de julho em Copenhague, na Dinamarca. Lorrayne ficou em 18º lugar entre concorrentes internacionais e conseguiu também o 2º lugar na prova de Clínica Geral, que tratava de diagnóstico de doenças, segundo sua orientadora, Camilla Marra.

lorrayne-isidoro

A carioca Lorrayne Isidoro Gonçalves é estudante no 3º ano do Ensino Médio do Colégio Estadual Pedro II, em Engenho Novo, bairro da cidade do Rio de Janeiro. Ela me deixou bem preocupada! Porque passou muitas dificuldades até conquistar espaço neste evento internacional.

Aluna de escola pública e moradora da Favela da Camarista, no Méier, a Lorrayne é tão incrível que superou outros 13 concorrentes na final do torneio da 4ª Olimpíada Brasileira de Neurociências sendo a primeira colocada na versão nacional do evento, em maio deste ano, na cidade de São Paulo.

olimpi

Para pagar a viagem, ela recebeu ajuda do colégio onde estuda, o Pedro II, e de uma vaquinha pela internet, para bancar as passagens e a hospedagem dela e de sua professora orientadora, Camila Marra. A vaquinha online foi organizada e pela equipe da Olimpíada Brasileira de Ciências e arrecadou ainda mais do que a meta inicial. Ela tem amigos maravilhosos né? E se uniram a toda essa galera que ajudou com as doações na vaquinha! Lorrayne também teve problemas com o passaporte, por atrasos na emissão do documento, o que quase causou o cancelamento da viagem! O.O

160629034009

Ela queria estar super preparada para a competição e por isso, mesmo já falando inglês e francês, estudou até dinamarquês por conta própria! Sempre se dedicando e controlando bem seu tempo. “Dá para fazer de tudo. Só que a hora de estudar tem que ser de dedicação. Quando começo a estudar não fico batendo papo no WhatsApp”, contou essa fofa estudiosa 😀

2016-919918359-201606281522494230_20160628

Há um ano, Lorrayne soube do concurso através de um cartaz divulgado no colégio, o que despertou seu interesse pelo assunto e a vontade de aprender sobre neurociência. Durante as férias, enquanto provavelmente muitos descansavam ou viajavam, ela continuou estudando num curso de verão em neurociências, organizado pela UFRJ, onde se tornaria voluntária Museu Itinerante de Neurociência.

2016-921647867-13585051_10206251020656065_6092664625040500551_o.jpg_20160706

Vamos nos inspirar na Lorrayne? Mesmo com todos os obstáculos ela não desanimou e procurou soluções, com muita paciência, atitude e disciplina nos estudos.

Compartilhe! ^-^


Comente muito!!



slide1-2018
slide2-2018